Simptomele precoce ale cancerului ovarian

Os primeiros sintomas do câncer de ovário

Generalidades

Os ovários são dois órgãos, de tamanho pequeno, em forma de amêndoa, situadas em ambos os lados do útero. A função dos ovários é produzir ovos. pode ocorrer em várias partes do ovário.

O câncer de ovário se desenvolve a partir de células germinativas, células do estroma ou células epiteliais. Células germinativas são o que rode dentro do ovo, células do estroma compõem a substância do ovário, e o epitélio que constitui a camada mais externa do ovário.

Índice do artigo

Guardar o artigo para saber mais tarziuPoti acessar o artigo a qualquer momento, em qualquer dispositivo, a partir de sua conta sfatulmedicului.pt ou do aplicativo móvel SfatulMedicului (iOS, Android)
Excluir articolulElimina artigo da lista dos que estão salvos

  • Sintomas

    Na fase inicial, o câncer de ovário, geralmente, é assintomática. No entanto, eu posso aparecer os seguintes sintomas:• sensação de Inchaço e sensação de pressão abdominal;• a Necessidade de urgência e frequência da urina;• Sensação de saciedade;• Dor ou desconforto no abdômen ou pelve.

    Estes sintomas têm um início súbito e não responde à administração de drogas. É recomendável consultar o médico em caso esses sintomas persistirem por mais de duas semanas.

    Outros sintomas do câncer podem incluir:Dor nas costas;Dor durante a relação sexual;• ;• Indigestão;• ;• Alterações no ciclo menstrual;• Perda de peso;• corrimento vaginal.

    Classificação histopatologica de câncer de ovário

    O câncer de ovário pode ser dividido em três categorias principais:Carcinoma epitelial é o tipo mais comum de câncer de ovário. Ele representa 85-89% dos casos de câncer de ovário.

    Também é a quarta principal causa de morte em mulheres causada pelo câncer. Este tipo de câncer não tem sintomas nas fases iniciais. A maioria dos pacientes são diagnosticados somente em estágios avançados.

    Um dos principais fatores de carcinoma epitelial é a genética. É mais comum em mulheres que já tiveram na história da família:- o câncer de ovário;- câncer de mama;-.

    Mulheres que tiveram dois ou mais parentes de primeiro grau, tal como um pai, um irmão ou um filho com o câncer de ovário mostra um maior risco de desenvolver esta doença.

    No entanto, mesmo tendo um único parentes de primeiro grau com câncer de ovário pode aumentar o risco de desenvolver esta doença. Os genes BRCA1 e BRCA2 também são associados com o risco de câncer de ovário.

    As mulheres diagnosticadas com câncer de ovário têm a chance de se tornar um sobrevivente de longa duração (mais de 5 anos) se você:- é diagnosticado em um estágio inicial;- eles são jovens, eles têm um tumor bem diferenciado;- o tumor é de tamanho pequeno;- o câncer é causado por alterações nos genes BRCA1 e BRCA2.

    Tumores de células germinativas ocorrem geralmente em mulheres jovens e meninas adolescentes, e são mais comuns em mulheres com idade superior a 20 anos. Este tipo de câncer é mais agressivo e tem uma tendência a propagar-se rapidamente.

    Este tipo de tumor leva para a produção de (HCG), causando um resultado falso positivo do teste de gravidez. Descoberto em estágios iniciais, tumores de células germinativas têm uma boa chance de tratamento.

    Tumores de células do estroma produzir, em geral, hormônios ovarianos, como o estrogênio, a progesterona e a testosterona. Este é um tipo muito raro de câncer e tem um desenvolvimento lento.

    O excesso de testosterona pode causar um aumento no excesso de pêlos faciais. O excesso de estrógeno pode causar sangramento uterino.

    Devido a estes sintomas, o paciente apresenta no momento em que o médico, diagnosticand tais câncer em um estágio inicial. As pessoas que desenvolvem esse tipo de tumor geralmente têm um prognóstico favorável.

    Fatores de risco

    A causa exata do câncer de ovário não é conhecido, mas os seguintes fatores podem aumentar o risco de desenvolver a doença:- história familiar de câncer de ovário;- genética, mutações dos genes BRCA1 e BRCA2;- história pessoal de câncer de mama, colo do útero ou do cólon;- ;- ultilizarea determinados medicamentos para a fertilidade ou terapias hormonais;- nuliparitate;- endometriose;- idade avançada;- .

    É possível que essa condição para desenvolver, mesmo se ele não estiver presente nenhum fator de risco. Além disso, o fato de que eles estão presentes alguns desses fatores não significa que a pessoa vai desenvolver câncer de ovário.

    Diagnóstico

    Para o diagnóstico do câncer de ovário pode precisar dos seguintes investigações:

    • Exame pélvico e exame retal;

    • Análise de sangue (níveis de HCG, alfa-fetoproteína, estrogênio, testosterona, testes de funções hepática, renal);

    • Biposia: é essencial, porque é o único exame de certeza. A biópsia pode ser realizada por meio de uma agulha guiada por um médico. A biópsia pode ser tomada e meio. Se ele está presente, de fluidos no abdómen, serão colhidos e uma amostra;

    • Exames de imagem: existem vários tipos de testes de imagem através da qual eles podem observar as diferentes alterações dos ovários e outros órgãos. Estas podem ser: a tomografia computadorizada (TC), animal de ESTIMAÇÃO, CT, imaging (MRI), ultra-som, raio-x;

    • A localização da metástase.

    Estágios do câncer de ovário

    • Câncer de ovário podem ser classificados nos seguintes estágios:• Estágio I: o câncer é limitado a um ou ambos os ovários;• Fase II: o câncer é limitado à pelve;• Fase III: tumor invade o abdômen;• Estágio IV: o câncer se espalhou para fora do abdômen, sendo o presente e metástases à distância.

    Tratamento

    O tratamento do câncer de ovário depende do tipo, do estágio e da idade do paciente.

    Cirurgia: pode ser realizada para confirmar o diagnóstico (), para determinar o estágio do câncer e, possivelmente, para remover o tumor. Cirurgias que podem ser realizadas no contexto do câncer de ovário são:

    • Linfadenectomia;• Histerectomia;• Omentectomia;• bilaterais Salpingo-ooforectomia.

    A radioterapia utiliza radiação ionizante, com o objetivo de diminuir o volume do tumor. Este método de tratamento é classificado como este:

    – Radioterapia curativa (visa curar o paciente);- Radioterapia paliativa (para melhorar os sintomas);- Radioterapia pré-operatória (visa reduzir o tumor, até torna-se o operador for solicitado);- pós-operatório de terapia de Radiação (para evitar a recidiva da doença).

    A quimioterapia consiste de drogas que visam matar células tumorais. Ele tem afinidade para as células do proliferativa, afetando tais e determinadas células saudáveis do corpo, que tem um turn-over, rapidamente, tais como células germinativas, células de membranas mucosas e células da medula óssea.

    Assim, a quimioterapia tem vários efeitos colaterais que podem desencorajar o paciente, fazendo-o, por vezes, até mesmo a interrupção da quimioterapia. Os efeitos colaterais da quimioterapia são:

    – Náuseas;- Vômitos;- ;- Constipação;- Diarréia;- Anemia;- Fadiga;- ;- Leucopenia.

    Hormonoterapia é definida como o tratamento de tumores hormônio-dependentes, com a ação de parar fontes de hormônios ou bloqueando os efeitos do hormônio ao nível da célula.

    Conclusões

    O câncer de ovário raramente apresenta sintomas nas fases iniciais, é por isso que, muitas vezes, não é descoberto até que tenha progredido em estágios avançados. Atualmente, não há nenhuma maneira de prevenir o câncer de ovário.

    O prognóstico dos pacientes com ovário cancerdepends como rapidamente ele foi diagnosticado a doença e a rapidez com que foi administrado o tratamento. Além disso, o prognóstico depende do estágio do câncer e da idade e condição de saúde do paciente.

    COMPARTILHAR