Bahia adotará licenciamento digital (CRLV) a partir de 2020 – Veja como usar

Foi divulgado pelo Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) que o estado irá introduzir o sistema de CRLV digital na Bahia . Sendo assim, a partir do ano que vem quem pagar a taxa de licenciamento anual obrigatório poderá baixar o aplicativo para obter a nova versão virtual do documento, que pode ser acessada mesmo offline pelo app.

A decisão para a adoção do Certificado de Registro e Licenciamento Veicular foi uma decisão em parceria com o Departamento Nacional de trânsito (Denatran) que pretende garantir a inclusão de todos os estados com a nova versão do documento a partir do licenciamento de 2020. Afinal, ao adotar  o método não é só o consumidor que sai ganhando, ao ter mais uma opção de apresentação do documento obrigatório para a condução de veículos. O Detran e o Serviço Federal de Processamento de Dados também conseguem compartilhar informações por meio do aplicativo, facilitando a busca por informações jurídicas e agilizando alguns processos internos dos órgãos.

Para obter a CNH e o CRLV digital o cidadão precisa baixar o aplicativo CDT, disponível gratuitamente para aplicativos na Google Play e Apple Store, respectivamente. Ao fazer o download do software basta completar as informações básicas para cadastrar o documento. Nesse primeiro momento, será preciso conexão com a internet para realização do processo. A partir do momento que a versão digital do documento for autorizada (a validação é informada por e-mail pelo Detran-BA), o candidato poderá usar o CRLV e CNH cadastrados em seu celular, por meio do app, mesmo offline.

Mas vale lembrar que somente veículos com licenciamento em dia e as carteiras que possuem o QR Code poderão ser cadastrados. Por isso, se quer ter o aplicativo para conseguir usar a CNH na versão digital e ainda a usa na versão antiga será preciso antes pedir uma segunda via do documento, coisa que pode ser feita pelo site do Detran BA e custa uma taxa de R$ 62,00  – conforme valores da tabela de serviços de 2019.